Projeto Amar e Educar (creches)

a

O projeto Amar e Educar visa oportunizar às crianças das creches mantenedoras e/ou municipais atividades extra-classe, colaborando no desenvolvimento integral da criança, a saber, linguagem oral, corporal, motora, socialização, trabalho em equipe, cognitivo, lógico, afetivo/emocional, etc. Dentro do projeto temos trabalhado mini-projetos como musicalização infantil; alimentação saudável (culinária), higiene e limpeza; hora da leitura/conto; cidadania e brinquedoteca de sucata. O projeto é realizado por meio de voluntários.

Você ama crianças? Gosta de brincar? Gosta de contar histórias? Gosta de música? Gosta de culinária? Gosta de ensinar? Gosta de ouvir? Gosta de diversão? Venha participar conosco deste projeto e oportunizar além de momentos alegres, novos aprendizados às crianças carentes de Londrina e região. Contato: cvlondrina@gmail.com – Daniela.

Se você é professora, coordenadora pedagógica ou diretora de alguma creche e possui interesse em levar o projeto Amar e Educar à sua instituição, entre em contato conosco pelo e-mail cvlondrina@gmail.com

Apostila Ecobrinquedos contendo várias ideias de brinquedos e jogos a partir de sucatas, além do modo de jogar, os materiais utilizados e objetivo dos brinquedos. Material disponibilizado pelo Ponto de Cultura – Espaço Brincar: Ecobrinquedoteca, Cultura e Educação Socioambiental, pelo MINC (Ministério de Cultura) em Campinas SP. Ele atende TOD@S os profissionais de Educação, Saúde e outros tantos que precisam do lúdico no seu dia-a-dia e que se interessam ensinar BRINCANDO.

Baixe grátis – Apostila 2012 – ecobrinquedos

O Almanaque de Brincadeiras, contém 500 atividades e constitui a materialização da vontade pessoal do seu autor no resgate e no incentivo de atividades recreativas e lúdicas, tendo em vista a sua grande importância no desenvolvimento físico, cognitivo, afetivo e social da criança, além do seu potencial como alternativa saudável e criativa de entretenimento para adolescentes e adultos.

Baixe grátis – Almanaque de Brincadeiras – Versão Revista e Corrigida

Esta apresentação em Power-Point, apresenta diversas imagens de brinquedos e jogos confeccionados a partir de sucata tanto pelo CVL quanto retiradas da internet! Inspire-se e crie junto com seus alunos, filhos, grupos de terceira idade, etc.

Baixe grátis - Brinquedos e jogos de sucata (imagens)

ENTREGA DA BRINQUEDOTECA (Nov/12) – Espaço Criança

a

PROJETO ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL, HIGIENE E SAÚDE

Justificativa: A escola é um espaço educativo e formador, além de alfabetizar e repassar informações, ela também tem como objetivo formar cidadãos capazes de viver nesta sociedade repleta de novas tecnologias e consumismo exagerado. Então, uma das metas a serem atingidas pela escola é a formação de valores e hábitos e entre eles está à consolidação dos hábitos de higiene e alimentação a qual deveria já vir formada pela família e que muitas vezes isto não acontece. Cabendo a escola, introduzir e firmar estes hábitos sendo que, para isto é preciso começar pela própria alimentação oferecida aos alunos no horário do lanche, a qual deve permitir à eles o contato com uma alimentação diversificada e saudável.

O professor deve manter o aluno em contato com informações, de preferência de forma lúdica, sobre os alimentos, a higiene com o corpo e com o ambiente, também orientar os alunos sobre o exagero que a mídia transmite através de propagandas, desenhos e programas de televisão para aumentar o consumo de muitos alimentos que não são saudáveis e podem prejudicar a saúde.

Objetivo Geral: Promover o consumo de alimentos saudáveis, manter hábitos de higiene e a consciência de sua contribuição para a promoção da saúde de uma forma atraente, lúdica e educativa.

Público-Alvo: Este projeto é destinado a Educação Infantil e também ao Ensino Fundamental nas séries iniciais.

Duração: Será desenvolvido no decorrer do ano letivo.

Objetivos Específicos:

- Identificar e criar o hábito de uma boa alimentação;
- Identificar e investigar o valor nutritivo das frutas, legumes, verduras, carnes, cereais, leite e seus derivados;
- Identificar os cuidados com a higiene pessoal e dos objetos na preparação dos alimentos e ao sentar à mesa para as refeições;
- Identificar e manter os horários para fazer as refeições, valorizando os momentos reservados a elas;
- Identificar e criar o hábito de uma boa higiene e cuidados com o corpo para ser saudável;
- Desenvolver independência para manter sua higiene pessoal;
- Refletir sobre as suas ações diárias em relação a sua saúde, o que engloba cuidado e preservação com o meio ambiente e com a higiene;
- Identificar a necessidade de contribuir para manter seu ambiente familiar e escolar organizado e limpo para que todos tenham saúde, valorizando as atitudes relacionadas à saúde e ao bem estar individual e coletivo;
- Pesquisar e registrar sobre os hábitos alimentares da família e do seu grupo.

 Recursos:

  • Livros de literatura infantil;
  • Revistas; Textos diversos;
  • Aparelho de TV, DVD e filmes;
  • Rádio e CDs;
  • Tintas, pincel, massa de modelagem, papéis diversos, cola, tesoura;
  • Material escrito para recorte; (encarte de supermercado, farmácia, lojas, revistas, jornal e outros);
  • Fantoches;
  • Jogos;
  • Alimentos para degustação

Procedimentos:

-  Confeccionar álbum dos alimentos;

- Confeccionar cartazes sobre os alimentos saudáveis e os prejudiciais à saúde;
- Confeccionar cartazes sobre os horários das refeições;
- Realizar roda da conversa;
- Fazer pesquisas sobre os hábitos alimentares da família;
- Cruzadinhas, labirintos e caça-palavras;
- Contação de histórias com fantoches;
- Jogo da memória;

- Bingo das frutas;
- Bingo de rótulos;
- Atividades de classificação com rótulos de alimentos, material de higiene e limpeza;
- Atividades de escrita, letra inicial, final, quantas letras, sílabas (consciência fonológica);
- Atividades de mercadinho, utilizando dinheiro de brincadeira (compra e venda);
- Passeio ao mercado e sacolão local;
- Relatório oral e através de desenhos sobre as visitas.

Avaliação: A avaliação será realizada durante todo o decorrer do projeto através de observações, anotações pela professora, pelas conversas e questionamentos em sala de aula, momento que, será possível verificar se houve êxito nos objetivos.

a

PROJETO BRINQUEDOTECA: Lugar de brincar, aprender e criar

Convidamos você a participar desse projeto, confeccionando junto às crianças e professoras, brinquedos e jogos educativos a partir de sucatas para doação às creches filantrópicas! Olha só o que já fizemos para doação…

Com as crianças…

JUSTIFICATIVA:

A presença da brinquedoteca na vida das crianças hoje tem um papel fundamental no desenvolvimento infantil, uma vez que vem proporcionar às crianças a aprendizagem e aquisição de conhecimentos, além do desenvolvimento de habilidades e competências de forma natural e agradável. Outra competência fundamental para a evolução integral da criança é o reconhecimento da vida cotidiana em sociedade e nas relações familiares e o respeito ao espaço do outro.
Assim, a brinquedoteca é um espaço onde o jogo simbólico e de faz de conta proporciona uma aprendizagem significativa, onde a criança representa livremente sua realidade e seus desejos.

OBJETIVOS:

• Proporcionar oportunidade para que as crianças possam brincar sem cobrança de desempenho;

• Estimular o desenvolvimento da capacidade de concentração e atenção;

• Estimular o prazer pelo faz de conta e pelo jogo simbólico;

• Desenvolver as relações pessoais;

• Estimular a criatividade;

• Valorizar o brinquedo como atividade promotora do desenvolvimento intelectual e social;

• Incentivar o respeito ao outro e o cuidado com os espaços da escola;

• Brincar e criar.

DESCRIÇÃO METODOLÓGICA

Na brinquedoteca serão desenvolvidas atividades lúdicas através de jogos simbólicos (imitação do cotidiano de uma família: os papéis de cada membro da família), brincadeiras populares (esconde-esconde etc.), uso de brinquedos diversos (carros, bonecas, jogo de montar etc.), leitura de livros infantis e construção de jogos e brinquedos utilizando sucata. As crianças constroem seus brinquedos a partir de um tema proposto pela professora e com o material descartável (sucata), elas produzem carros, ônibus, helicóptero, assim além de estimular a criatividade das crianças, as conscientizamos sobre a reutilização de certos materiais para a reciclagem. O faz de conta será estimulado através do uso das roupas e fantasias e do reconto de histórias através do teatro de fantoches.

CONTEÚDOS ATITUDINAIS:

• Valores: respeito, solidariedade, cooperação, amizade etc;

• Ludicidade;

• Motricidade;

• Linguagem oral e escrita;

• Criatividade e imaginação.

CONTEÚDOS:

• Valorização das relações familiares;

• Os membros de uma família e seus papéis;

• Os cômodos de uma casa;

• Os diferentes tipos de moradias;

• Conto e reconto de histórias;

• Amizade e cooperação;

• etc.

AVALIAÇÃO:

Deverá ser formativa, contínua e processual, através de observação.

“Brincar é indispensável à saúde física, emocional e intelectual da criança. É uma arte,
um dom natural que, quando bem cultivado, irá contribuir, no futuro, para a eficiência e o
equilíbrio do adulto. A brinquedoteca favorece a ludicidade, tão importante para a saúde mental
do ser humano, resgatando um espaço para a expressão mais genuína do ser, é o espaço do
exercício da relação afetiva com o mundo, com as pessoas e com os objetos.”

a

PROJETO MUSICALIZAÇÃO INFANTIL

JUSTIFICATIVA: A Musicalização Infantil é um poderoso instrumento que desenvolve na criança a sensibilidade à música, além de outras qualidades tais como: concentração, coordenação motora, sociabilização, acuidade auditiva, respeito a si próprio e ao grupo, destreza do raciocínio, disciplina pessoal, equilíbrio emocional e inúmeros outros atributos que colaboram na formação do indivíduo. A música está presente antes do nascimento em nossas vidas, e ainda no ventre das mães tivemos o contato com ondas sonoras vindas de fora, ou dos sons das vozes delas. Antes ainda de começar a falar, podemos ver o bebê cantar, gorjear, etc., experimentando os sons que podem ser produzidos com a boca. Logo que se percebe sentado ou mantendo-se em pé, o ritmo de uma música o leva a acompanhar com o corpo os movimentos cadenciados. E é a partir dessa relação entre o gesto e o som que a criança por meio do ouvir, cantar, imitar, dançar, etc., constrói seu conhecimento sobre música. Além disso, a música esta presente em várias culturas, e consiste numa importante forma de expressão humana. É uma linguagem capaz de “expressar e comunicar sensações, sentimentos e pensamentos”.

OBJETIVO GERAL: O objetivo do curso de musicalização infantil é apresentar às crianças o universo da música, com a introdução lúdica e criativa da prática instrumental, estimulando as habilidades musicais e artísticas dos alunos, além de desenvolver na criança o prazer de ouvir e fazer música.

 PÚBLICO ALVO: Este projeto é destinado à Educação Infantil e também ao Ensino Fundamental nas séries iniciais.

 DURAÇÃO: Será desenvolvido no decorrer do ano letivo.

 OBJETIVOS ESPECÍFICOS

- Estimular o desenvolvimento corporal/ coordenação motora, auditivo e sensorial;

- Utilizar e cuidar da voz como meio de expressão e comunicação musical;
- Desenvolver a cultura musical: grupos musicais locais, regionais, cultura popular, concertos, shows, festivais;
- Desenvolver a atenção, o gosto e a sensibilidade em relação à música;

- Favorecer a integração social, trabalho em equipe, auto-confiança, desembaraço, auto-estima, criatividade;

- Memorizações de conteúdos, como nº e sequência matemática;

- Participar de brincadeiras, jogos cantados e rítmicos;

- Reconhecer sons vocais e não vocais;

- Integração com outros saberes: novas palavras (português), raciocínio lógico (matemática), história, geografia, educação física (desenvolvimento motor, corporal), ciências, meio ambiente, etc.

 RECURSOS

  • Rádio, TV, CDs, DVDs com músicas infantis;
  • Instrumentos musicais: teclado, violão, flauta, etc., para acompanhar as músicas;
  • Instrumentos musicais de percussão confeccionados com sucata pelos próprios alunos;
  • Papel, lápis de cor, EVA, etc., para atividades de registro das atividades;
  • Fantoches, bonecos, etc.;
  • Jogos, brinquedos.

PROCEDIMENTOS: As aulas de musicalização são planejadas tendo como base metodologias contemporâneas na área da aprendizagem musical da primeira infância, psicologia e cognição musical. Todas as atividades envolvem a vivência musical de forma lúdica e divertida explorando o corpo, a voz,  instrumentos musicais, apreciações, criações. Nas aulas, as crianças ainda têm a oportunidade de conhecer músicas de diversas culturas descobrindo novos instrumentos e formas de cantar.

  • Explorando os sons nas atividades dentro ou fora da sala de aula, sons da natureza, sons produzidos pelas pessoas, objetos, etc.;
  • Os sons que ouvimos têm entonações diferentes e através de brincadeiras trabalhar: Sons graves/agudos: voz fininha e voz grossona; Sons fortes/fracos: intensidade; Sons curtos/longos: duração, etc.;
  • Contação de histórias com fantoches;
  • Realizar roda dos ritmos e sons – com pés, mãos, boca, etc., trabalhar diferentes ritmos e intensidades;
  • Criar músicas, ouvir, observar e diferenciar diversos tipos de som através de brincadeiras;
  • Ouvir música, aprender uma canção, brincar de roda e realizar brinquedos rítmicos;
  • Utilizar as letras das músicas para explorar as cores, vogais, numerais, dias da semana, higiene, lateralidade entre outros;
    • Aprender a cantar músicas relacionadas aos temas desenvolvidos e outras canções folclóricas e populares;
    • Movimentar-se espontaneamente ao som de músicas com ritmos variados.

Criação de Instrumentos com sucatas:

  • Tambores: com caixas, latas de leite em pó e potes de sorvetes, pega-se um fio de cordão ou tira para a alça do tambor e duas varinhas que servirão de baquetas.
  • Pratos: Tampas de panelas velhas.
  • Triângulo: viga de construção dobrada em forma de triângulo, e utiliza-se um pedacinho da viga para tocar.
  • Chocalhos: Com latas, garrafas pet, copos e diversas sementes dentro.
  • Recos-recos: pedaços de madeira com nervuras.
  • Coco seco: o coco deve ser serrado ao meio, pode usar também uma cabaça.
  • Flautas: Canos de PVC finos, ou pedaços de bambu finos faz-se uma flauta.
  • Outros.

AVALIAÇÃO: Global, contínua e diária através da observação direta do professor.

a

PROJETO MALA/SACOLA DA LEITURA

Justificativa:

Enfocar a importância de ouvir histórias e do contato da criança desde cedo com o livro. Quando a criança ouve ou lê uma história e é capaz de comentar, a criança passa a interagir com as histórias, acrescentam detalhes, personagens ou lembra fatos que passaram despercebidos pelo professor. A literatura infantil contribui para o crescimento emocional, cognitivo e para a identificação pessoal da criança, propiciando ao aluno, a percepção de diferentes resoluções de problemas, despertando a criatividade, a autonomia, que são elementos necessários à formação da criança de nossa sociedade atual. Dessa forma as crianças, vão conhecendo de forma gradativa as características formais da linguagem. Isso é visível quando uma criança folheia um livro, imite sons e faz gestos como se estivessem lendo.

Objetivo Geral:

O contato e manuseio de diferentes materiais escritos são importantes para a aprendizagem da leitura e da escrita. Mas, será ainda mais enriquecedor se este manuseio e contato forem com a participação dos pais ou alguém da família, pois os desenhos maravilhosos e os enredos instigantes que se encontram explícitos nos livros são como uma chamada, um convite que fascina a criança proporcionando-lhe um imenso prazer e interesse para o desenvolvimento da livre expressão, não só na escola, mas principalmente em casa.

 Objetivos Específicos:

  • O apoio dos pais é imprescindível para que essa proposta atinja as metas desejadas.
  • A integração família escola no incentivo e gosto pela leitura desde a educação infantil.
  • Resgatar o trabalho com clássicos infantis, permitindo a integração dos conhecimentos que as crianças já trazem de suas casas, com as disciplina básicas e com os temas transversais, permitindo assim formar uma verdadeira consciência de valores.
  • Ampliar a visão do mundo e inserir a criança na cultura letrada.
  • Possibilitar a vivencia de emoções e o exercício da fantasia e da imaginação.
  • Possibilitar imagens e construírem historias a partir delas.

 Procedimentos:

  • Confeccionar a duas sacolas viajantes para cada turma, uma para as meninas e outra para os meninos.
  • A cada dia da semana, uma criança é sorteada para levar para casa com o livro.
  • Os pais da criança sorteada deverão ler a historia e no dia seguinte enviar a sacola de volta com o livro.
  • Após a leitura desse livro, a criança deverá fazer o reconto em sala de aula para os colegas.

Recursos:

  • Mala/ Sacola Viajante;
  • Livro.

Avaliação:

A avaliação ocorrerá de forma continua através de observação do processo de construção da linguagem pelas crianças, levando em consideração a demonstração de interesse, satisfação e motivação deste para com o processo. Perceber se a criança foi capaz de representar diferentes figuras e objetos, assim como usar a memória como recurso para os trabalhos. O mais importante é a demonstração de satisfação ao realizar o trabalho, bem como o seu interesse, motivação e capacidade de observação.

OBS: DENTRO DE UMA MALA/SACOLA, VAI UM LIVRO,UM CADERNO DE DESENHO OU FOLHA. PODE-SE IMPLEMENTAR TAMBÉM ALGUMAS SUCATAS, LÁPIS, TINTAS E COLA. ESTA MALA É ENVIADA TODA SEXTA-FEIRA PARA UMA CRIANÇA QUE DEVERÁ “LER” A HISTÓRIA JUNTO COM SUA FAMÍLIA, E EM SEGUIDA FAZER UM REGISTRO EM FORMA DE DESENHO E UM REGISTRO DE COMO FOI ESTA EXPERIÊNCIA EM FAMÍLIA! ALÉM DISSO, CASO AS MÃES TENHAM DISPONIBILIDADE, AS MESMAS PODERÃO IR À SALA CONTAR A HISTÓRIA E ENTREGAR O LIVRO QUE LEVARAM.

 A HORA DO CONTO:

ESTE PROJETO TEM POR OBJETIVO O INCENTIVO DAS CRIANÇAS À LEITURA, PROPICIANDO UM MOMENTO AGRADÁVEL, COM BRINCADEIRAS, MÚSICA, FANTOCHES, HISTÓRIAS VIVAS, TEATRO, CRIAÇÃO, ETC. EM CÍRCULO EM UM TAPETE COLORIDO DE EVA, A PROFESSORA/CONTADORA DE HISTÓRIAS SENTA JUNTO AS CRIANÇAS E CONTA UMA HISTÓRIA, AO MESMO TEMPO EM QUE AS CRIANÇAS PARTICIPAM E VIVEM A HISTÓRIA.

a

PROJETO CIDADANIA – ESCOLA PROMOTORA DE BONS HÁBITOS E BOAS MANEIRAS

“O APRENDIZADO DE VALORES: BASE PARA A FORMAÇÃO DO CIDADÃO.”

 DURAÇÃO: DURANTE TODO O PRESENTE ANO LETIVO

 PÚBLICO ALVO: ALUNOS DA EDUCAÇÃO INFANTIL

JUSTIFICATIVA: Sentimos a necessidade de resgatar em  nossos alunos valores como: colaboração, convivência, atenção, honestidade, respeito, responsabilidade, preservação do meio ambiente e patrimônios públicos, contribuindo assim, para uma melhor qualidade de vida da nossa comunidade escolar, bem como de toda a cidade. Conscientizar toda a comunidade escolar da importância que tem a educação para a cidadania, priorizando o aprendizado de valores e boas maneiras, começando na base familiar e dando continuidade na vida escolar até a fase adulta, para que juntos possamos construir um mundo mais justo e fraterno na transformação de uma sociedade em processo de reeducação.

OBJETIVOS:

  • Pensar sobre o que significa colaborar com as pessoas;
  • Perceber hábitos importantes da vida cotidiana, que vão ajudá-los a ser uma pessoa agradável com os outros;
  •  Convidar a criança a pensar sobre a importância de estar sempre atento a tudo que a cerca;
  •  Fazer com que a criança assuma responsabilidades sem ter medo, fazendo-a pensar sobre o que significa ser honesto;
  •  Fazer com que a criança preste atenção nas regras de convivência, fazendo-a pensar sobre o respeito mútuo;
  • Levar a criança a perceber que em uma série de situações da vida real, é importante se tornar uma pessoa responsável, para que as pessoas possam ter confiança nela;
  •  Levar a criança a compreender o que significa compartilhar as coisas, de forma prazerosa, e saiba sinceramente o que significa ser generoso;
  • Expressar desejos, desagrados, necessidades, preferências, vontades, etc.;
  • Respeito e valorização de seu grupo de amigos, família e de outros grupos;
  • Valorização do diálogo como forma de lidar com os conflitos;
  • Despertar na criança o gosto pela colaboração em casa ou na escola, por si mesmas, adquirindo responsabilidade;
  • Levar a criança a perceber que as boas maneiras são muito importantes para garantir um convívio agradável e respeitoso para todos;
  • Levar a criança a trabalhar e brincar junto com os colegas, percebendo que a colaboração beneficia a todos que convivem num mesmo ambiente;
  • Levar a criança a perceber que prestando atenção no que os adultos dizem, elas aprendem regras básicas, e também atitudes necessárias para garantir sua própria segurança;
  • Transformar a criança em um agente transmissor e multiplicador de valores, tanto com a família, quanto com os alunos;
  • Conscientizar as crianças quanto a limpeza de onde mora, escola e da comunidade: casa arejada e limpa;
  •  Despertar na criança atitudes simples de conservação dos ambientes públicos: não jogar papel na calçada; não derrubar latas de lixos de casas; não pichar muros; não quebrar vidros; não destruir os objetos da escola e nem mesmo ela; não rabiscar ou colocar os pés na parede; manter os banheiros limpos e seu uso corretamente;
  • Conscientizar a criança para a educação no trânsito: cuidado ao atravessar a rua e a impaciência da espera dos transportes escolares em frente à escola, não sabendo esperar a sua vez na entrada dos ônibus escolares e a melhora no comportamento quando estão fazendo uso desses transportes;
  • Aprimorar valores e atitudes, capacitando os alunos na busca e uso competente de informações no seu cotidiano;
  • Levar a inclusão social e a igualdade racial;
  • Desenvolver a habilidade de realizar pesquisa (levantamento de dados, delimitação do problema, levantamento de hipótese, das fontes de investigação, organização e tratamento dos dados levantados, apresentação do produto final);
  • Elevar a auto-estima dos alunos, colaborando para que se torne um cidadão atuante;
  • Subsidiar e ampliar os conhecimentos dos alunos relativos aos riscos mais presentes na realidade em que vivem, para permitir atitudes adequadas aos interesses e expectativas de cada um.
  • Colaborar no desenvolvimento das crianças, habilidades práticas e habituais (contínuas) com relação à reflexão, diagnóstico, planejamento, criticidade e soluções em relação às questões sociais.

CONTEÚDO:

·   Atividades orais e escritas;

·   Jogos: Quebra Cabeça, Jogo da Memória, Dominó e Bingo;

·   Brincadeiras;

·   Músicas;

·   Pinturas, Dobraduras e Recortes;

·   Histórias com fantoches;

·   Massinha de modelar;

·   Painéis

·   Poemas;

·   Relato de experiências vividas;

·   Roda da conversa;

·   Dramatizações;

·   Pesquisas;

·   Elaboração de desenhos espontâneos;

·   Criação de histórias;

·   Reciclagem com sucatas;

·   Passeatas;

·   Vídeos;

·   Palestras;

·   Teatro;

·   Exposição de trabalhos;

·   Confecção de cartazes;

·   Visitas a orfanatos, asilos, escolas, órgãos públicos, empresas, comunidades, etc.

MATERIAS UTILIZADOS:

·   Papéis (sulfite, cartolina, color set, jornal, bobina, crepom, laminado);

·   Palitos de churrasco; Garfinhos de madeira;

·   Sucatas (garrafa pet de diferentes cores e tamanhos; tampinhas de plásticos);

·   Tesoura com ponta arredondada;

·   Cola branca e colorida;

·   Lápis de cor;

·   Giz de cera;

·   Giz de lousa;

·   Régua;

·   Gliter de diversas cores;

·   T.N.T, etc.

 AVALIAÇÃO: A avaliação deverá realizar-se de maneira continua, mediante observação; considerando o processo e não apenas o produto. Neste sentido, espera-se que a criança se torne um agente transmissor e multiplicador dentro da sua família, vizinhança e com os demais amigos, assuma seu papel como agente cultural, um cidadão que sabe o seu papel na comunidade com engajamento individual e social na solução de problemas. A avaliação também está no próprio resultado do trabalho. Verificando nas falas dos alunos durante as atividades o aprendizado e desenvolvimento da oralidade e da expressividade.

7 respostas para Projeto Amar e Educar (creches)

  1. Gilvanete dos Santos disse:

    Há tempo vinha pesquisando como montar uma brinquedoteca e sem sucesso, hoje encontrei este material e fiquei maravilhada da forma como voces disponibilizaram este conteúdo. Muito obrigada por esta
    colaboração. Gilvanete dos Santos, Assistente Social em um Abrigo
    Caso tenham outros materiais que possamos utilizar em nossa entidade ficaremos gratas. Trabalhamos com crianças e adolescentes num Serviço de Acolhimento Institucional- Abrigo Sagrado Coração de Jesus/ Laranjeiras/SE.

  2. Celia Nunes disse:

    Muito bom. Excelente. lindo trabalho .

  3. Ideilane Barros disse:

    Muito bonito o trabalho pedagógico
    nos ajuda muito Ideilane@gmail.com

  4. Rosana disse:

    muito excelente trabalho gostaria muito de participar desse trabalho adoro crianças trabalhei em uma creche faz 3 meses que mudei pra londrina e gostaria de novamente poder trabalhar com crianças.

    • cvlondrina disse:

      Olá Rosana tudo bem? Muito obrigada pelo seu contato e parabéns pela sua iniciativa em ajudar no projeto. Você poderá consultar em nosso blog na parte das instituições, todas as ONGs que necessitam de voluntários na área de crianças. Temos diversas creches e pré-escolas listadas, e você poderia dar uma olhada no que as mesmas necessitam e suas respectivas localidades. Seja bem-vinda a nossa cidade e esperamos que você se engaje em algum trabalho social com as crianças. Qualquer outra informação que pudermos lhe ajudar, estamos a disposição.

      Feliz Ano Novo a você e a toda sua família, com muitas bênçãos de Deus e grandes realizações.

      Abraços e tudo de bom,

      CVL – http://www.cvlondrina.wordpress.com

  5. Larissa disse:

    Gostei muito dos seus projetos que vou tentar elaborar na escola do meu Bairro…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: